domingo, 13 de fevereiro de 2011

Gravidez na adolescência! Como alimentar dois quando um só já é difícil?

Diariamente, enfrento situações que realmente me levam a pensar, não como profissional, somente, mas como mãe.
Quando me deparo com uma adolescente grávida, me questiono em como estabelecer regras na alimentação , quando REGRA, não é uma regra para um adolescente, e estando grávida, é claro que esta menina sente-se quebrando regras, realmente uma difícil situação.
Porém o que me resta é montar uma estratégia, juntamente com uma rede de apoio familiar se esta existir, e não estiver presa aos muitos culpados e culpas que envolve o meio familiar neste momento, sendo que a gravidez tornar-se arma nas mãos dos envolvidos, muitas vezes esquecendo e deixando de lado os cuidados básicos que precisa esta adolescente como uma alimentação equilibrada e adequada e suficiente, para ela e para o bebê.
Trocar o Fast food por arroz e feijão, trocar o refrigerante por suco de soja, para uma adolescente pode ser uma frustação a mais, além de toda a carga emocional que ela já trás consigo. É preciso cautela, vínculo e dar tempo ao tempo, esperar a poeira baixar, esperar a aceitação desta nova imagem corporal, esperar que a rede de apoio familiar pare com as acusações e parem de procurar culpas e culpados, apenas foquem, apenas cuidem.
A primeira e básica preocupação deve ser adequar a alimentação para dois e não por dois!
A segunda adequar os macro e micro nutrientes constituintes desta nova dieta,
Suplementação , sempre importante, caso a caso;
Preparação e dicas sobre amamentação;
São os primeiros assuntos importantes a ser abordado em um primeiro momento, estabelecer horários, rotina, horas de sono, estudos, lazer, entre outros.
Acredito ser difícil aos pais, mas pensem que mais difícil é para esta menina, que neste momento abandono seus sonhos ainda infa juvenis, para pensar em amamentar, comer, cuidar, e ainda assim ter estrutura emocional. Apoeim agora, questionem depois, afinal com certeza em meio a tantas buscas de culpados, os menos culpados são esta jovem mãe e este bebê que está por nascer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário